Gastropoeticologia

Refogue um punhado de letras com vírgulas,

Mexa até virar palavras,

Adicione doses de fantasia,

Junte ao fermento das metáforas,

Cubra de acentos a essência dos verbos,

Misture com litros de imaginação,

Encontre a beleza nos versos,

Acrescente doses lúdicas de adjetivos,

Obtenha sabores diversos,

Ainda que subjetivos,

Tempere com sentidos inversos,

Se jogue na panela da mente,

Deixe de molho e acenda,

O fogão inconsciente.

 

Aguarde as borbulhas do pensar…

4 pensamentos sobre “Gastropoeticologia

  1. Olá, Boa tarde! Retribuindo a visita! Fiquei interessado em seu verso! Tomo a liberdade de publicá-lo no Gramofone! Adoramos seu blog, tanto que iremos adicioná-lo aos favoritos do blog! Obrigado pela visita e retorne sempre que possível! Grande Abraço!

  2. Pingback: Gastropoeticologia « Gramofone Lunar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s