Desconhecido

Como são belas as coisas do avesso,

Do inverso e da contradição,

Ao absurdo da noção,

Nunca vi e nem conheço,

Outro sentido, contramão

Espaço sem endereço,

Pode ser o que não entendo,

No começo,

Mas sei que aprendo,

Com as coisas que desconheço.

Julie Heffernan

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s