Ancestral desire

High doses of dopamine,

To live brings experience,

That life turns into adrenaline,

Visceral behavior,

It opens the sensors,

Of the ancestral sense,

From the brain to their enzymes,

There is a social desire,

A mirror network,

Stitching the line of survival,

Weaving the present senses,

With old dreams,

Future desires,

And old friends,

For the revolution to happen,

And awaken new consciousness,

Between the collective and the social,

Irrational impulse,

Primitive,

Essential.

Social Brain

Em altas doses de dopamina,

A vivência traz experiência,

Que a vida transforma em adrenalina,

Comportamento visceral,

Abrem-se os sensores,

Do sentido ancestral,

Do cérebro às suas enzimas,

Existe um desejo social,

Uma rede de espelhos,

Que costuram a linha da sobrevivência,

Entrelaçando os sentidos presentes,

Com sonhos antigos,

Desejos futuros,

E velhos amigos,

Para que aconteça a revolução,

E despertem a nova consciência,

Entre o coletivo e o social,

Impulso irracional,

Primitivo,

Essencial.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s