Letter to Mother

Mum,

I’m glad for know that God chose a mother by finger, to be the best the I could have. To be rare and unique. To be you.

Even far away, I’m calm and confident, because everything is going right. I know that I have someone, from across the world, encouraging, vibrating and above all things praying every minute for my life!

The history is being written and you has a great merit for the dream to be real. Your encouragement is essential for the route to be traced. Your hand and hug stay always with me, everywhere . I never felt cold.

Our thought is connected by a universal cord, that goes beyond of all matter.

If today, I write a history is because you gave me the lyrics and commas.

Today I’m writing for you, with the same inconditional love!

“Follow me, and I will make you fishers of men” (Matthew 4:19)Fishermen

Mãe,

Eu sou feliz por saber que Deus escolheu uma mãe a dedo, pra ser a melhor que eu poderia ter. Pra ser rara e única! Pra ser você!

Mesmo longe, eu fico tranquilo e confiante pois tudo está dando certo! Eu sei que tenho alguém, do outro lado do mundo, torcendo, vibrando e acima de tudo orando a cada minuto pela minha vida!
A história está sendo escrita e você tem grande parte do sonho ser real. Seu encorajamento é essencial para que os passos sejam traçados. Sua mão e seu abraço estão sempre comigo, em todos os lugares que passo. Frio eu não passo.

O nosso pensamento está conectado por um cordão universal que vai além de toda a matéria.

E se hoje eu escrevo uma história é porque você me deu as letras e as vírgulas.

Com o mesmo amor incondicional, pra você!

“Siga-me e eu vos farei pescadores de homens…” (Mt 4:19)

A Citizen of the World – Um Cidadão do Mundo

I’m a citizen of the world,

Of the beauty and contradictions,

Scenarios, steps and lessons,

About the relations,

Endless connections,

The human search,

Full,

Physical, psychological, anthropological,

Flying is that I find the logic,

Excellence of being,

Human, people, face,

Trace, lace, taste,

All different,

Dipping in history

Old world, Middle-earth,

Navigating like a Viking,

In a large museum of news,

In the corners of the Joyce’s land,

Other words, other roads.

St. Patrick's Day - Dublin 2013

Sou um cidadão do mundo,

Das belezas e das contradições,

Dos cenários, dos passos e das lições,

Sobre as relações,

Infinitas conexões,

A pesquisa humana,

Plena,

Físico-psico-antropológica,

É voando que encontro a lógica,

Excelência do ser,

Humano, gente, rosto,

Traço, laço, gosto,

Tudo diferente,

Mergulhando na história,

Velho mundo, terra-média,

Navegando como viking,

Em um museu de grandes novidades,

Nas esquinas da terra de Joyce,

Outras palavras, outras estradas.

Musicalidade

No trem,

Trilho,

Pra lembrar da direção,

Qual o caminho da próxima estação?

Siga a trilha,

Sonora,

Pra lembrar que a vida é uma música,

Você é quem dá o tom,

Eleva o timbre,

Muda a nota,

E compõe a melodia,

Pois é a cada nova estação,

Que descobrimos novos acordes.

Harpa

Afinal,

Tem dias que se acorda bossa nova,

E se deita rock n’ roll.

Poesia em retrato

O enquadramento perfeito na praça,

Tempo e movimento,

Música e pensamento,

Do que vai,

E do que vem,

Além,

Estar,

Em rotação e translação,

Constelação,

Conexão,

 Tradução da calma,

Retrato,

Do corpo e da alma.

Poesia em retrato

Dopaminérgico

Acordar,

Despertar,

Agora,

No primeiro instante da hora,

Quando tudo o que está dentro vai pra fora,

No primeiro momento do dia,

Emergem os sonhos da noite,

Feito erupção vulcânica,

Estrelas e luas borbulham,

Do fundo da mente oceânica.

Pelos rios e ruas,

Do cérebro,

Pólvora,

Polvo,

Peixe,

Fogo,

Água,

Corrente,

Estopim elétrico,

Instante dopaminérgico.

O tutano da vida

Fui voar e mergulhar,

Destilar a beleza dos detalhes,

Explorar a  leveza das brisas,

Extrair a riqueza dos gestos,

Filtrar com destreza lisa,

Comer o tempero dos verbos,

Desfrutar com o doce prazer,

De sugar o tutano da vida,

E compor a essência dos versos.

Mergulho Pro Fundo

Paisagem de palavra

Suas palavras são uma passagem de ida,

A um mundo doce de fantasia,

Onde tom é beleza,

E fadas são vida,

Letras têm cheiro,

Na bela paisagem colorida.

Rio, mar e mente de pujante cor,

Montam grandes ondas cheias de sabor.

Doce Mar