Dialética

Muito além do normal,

Além da palavra,

Transcendental,

Além da matemática,

Da matéria,

Não-verbal,

Além da explicação,

Do por que,

Do real,

Dialética, linguagem,

Semiótica e surreal,

Laboratório,

Leitura labial.

Neurotransmissão

Contemplei o que nunca vi

Depois de tanto observar,

Entre um e outro olhar,

Contemplei o que nunca vi,

Depois de tantos olhos,

Tantas cores e olhares,

Enxerguei algo a mais,

Muito além da íris,

Invisível mas real,

Além da matéria,

Intangível e essencial,

Coisa que não se guarda em frascos,

Não se calcula,

Não se apalpa,

Não se pesa,

Não se mede,

Nem se pede,

Acontece,

É,

Coisas que jamais verei,

Mas sei que posso perceber,

Compreender,

Intuição? Quem vai entender?

Dentre todas as belezas,

Descobri que as coisas mais belas,

São aquelas que não conseguimos ver.

photo1

Alquimia de azeite

Passei horas pensando,

Qual seria o sabor do azeite?

Uma alquimia do avesso?

Pensei tanto,

Que voltei ao começo!

Azeite o alho e então alecrim,

Aceito essa odisséia,

Se não chego ao fim.

Estava procurando por uma grande aventura, até provar o sabor do alecrim.

 

 

Rita, uma presença de amor

 Hoje eu me sinto mais só.
Só de não te ver,
Só sem seu sorriso,
Mas pra que isso?
Se você nos ensinou,
A transformar a sua falta,
Na presença do seu amor,
Você,
Que entendeu como ninguém o valor da simplicidade;
Você, 
Que ensinou o valor do amor e do respeito a quem quisesse ouvir;
Você,
Que sempre me inspirou sobre as belezas da cozinha,
Mestra dos temperos e senhora dos sabores,
Suas gargalhadas serão eternizadas,
Seus sorrisos permanecerão em meus pensamentos,
Sua alegria contagiante será sempre lembrada com carinho,
Radiante, cheia de brilho,
O meu amor por você será eterno!
Seja junto às flores da primavera,
Ou no frio inverno,
Aconteça o que acontecer, vai ser assim,
Você pra sempre viverá em mim.
Obrigado por nos fazer enxergar que o mundo não é apenas o que vemos.
E que o verdadeiro valor está nas coisas simples.
Você nos ensinou a transformar a sua falta, pela presença constante de seu amor!
 
Se eu chorar é de saudade,
Pra poder lembrar que você existe de verdade!
Vó, obrigado por sua eterna existência em nós!
4 anos de saudade!
A melhor cozinheira de todos os tempos
 “Só enquanto eu respirar vou me lembrar de você”

Assim são as palavras

Soltas pelo Universo,

Vagam de um lado pro outro.

Transportadas pela inspiração,

Que funciona como um aspirador,

Tragando muitas letras de uma só vez,

Pra dentro da mente.

A alma faz a digestão,

Com a ajuda das vírgulas e pontos,

Tudo é ordenado e jogado ao vento novamente,

Até que outros inspirados possam reorganizá-las,

De formas infinitas…

Assim são as palavras.

Jacek Yerka

Palavra: o portal da ideia.